DROPS DE NUTRIÇÃO – LA PET CUISINE

Benefícios dos óleos vegetais Benefícios dos óleos vegetais

Os benefícios das dietas que levam óleos vegetais



A definição de óleos, gorduras ou lipídeos é baseada na consistência e depende do tipo de ácido graxo do qual é constituído (SILVA, 2007).

Eles são macro nutrientes que podem ser sintetizados no organismo, com exceção dos ácidos graxos essenciais. Exercem funções energéticas (fornecem 9 Kcal/grama quando oxidados no organismo), estruturais e hormonais (SANTOS, 1998), e são encontrados tanto em fontes animais como vegetais.

São inúmeros os benefícios dos óleos vegetais para a saúde, abaixo citamos algumas fontes comumente encontradas nas dietas elaboradas na La Pet Cuisine.

Coco

O óleo de coco tem sido indicado para diminuir os triglicérides e o mau colesterol (LDL), aumentar o bom colesterol (HDL) e por sua característica anti-inflamatória.

Além disso, a gordura do coco leva à normalização dos lipídeos, protege o fígado e aumenta a resposta imunológica contra diversos microrganismos, sendo também benéfico no combate aos fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Girassol

O óleo de girassol é rico em ácidos graxos essenciais omega-6 (ácido linoleico).
Necessário para um crescimento e desenvolvimento saudável do organismo, o ácido linoleico desempenha também um papel importante na redução de risco de doenças cardiovasculares e do colesterol, função vascular e sistema imunológico.

O óleo de girassol é rico em vitamina E, importante antioxidante que ajuda a retardar o envelhecimento das células e dos tecidos do organismo e contribui para o fortalecimento das defesas do organismo (FIESP, 2012).

Soja

Rico em ácidos graxos poli-insaturados essenciais ômega 6 (ácido linoleico) e ômega 3 (ácido linolênico).

O ácido linolênico é um nutriente que contribui para o funcionamento saudável do sistema nervoso, imunológico (ação anti-inflamatória), e do coração. O óleo de soja também é rico em vitamina E, assim como o óleo de girassol, retarda o envelhecimento precoce e fortalece o sistema imunológico (FIESP, 2012).

Azeite

Nos últimos anos, inúmeros estudos têm apresentado evidências de que nutrientes e substâncias não nutrientes contidas em diferentes alimentos, como o azeite de oliva, podem inferir de modo positivo na prevenção de enfermidades. Estudos experimentais e epidemiológicos sugerem que o azeite de oliva extra virgem, com alto teor de compostos fenólicos, exerce papel protetor contra doenças crônicas degenerativas, pelo conteúdo de gorduras monoinsaturadas (ácido oleico) e poder antioxidante (Pimentel et al., 2007).